Biodiversidade


A forma é grávida de conteúdo e fala sobre a essência do viver. A vida se derrama sobre a Terra nas mais diversas formas: flores, peixes, bichos, fungos, bactérias, algas, gente... cada qual desenhando um jeito único de se perpetuar, de crescer e fazer realidade. . Os seres vivos estão presentes em grande diversidade de formas, tamanhos, cores... e nos diferentes ambientes do planeta Terra e isso chamamos de biodiversidade. Os países que apresentam grande biodiversidade em seus territórios são aqueles que se encontram, na maioria das vezes, em regiões tropicais. E o Brasil é o país com a maior biodiversidade do mundo. Estima-se que exista em território brasileiro em torno de 2 milhões de espécies de seres vivos, grande parte ainda não descrita pela ciência. . Para sobreviver na Terra muitos seres vivos dependem do clima, da composição e da proteção de uma finíssima camada gasosa que chamamos de atmosfera. A atmosfera que envolve o planeta é um fluido gasoso que tem sua composição ajustada a todo momento por todos os seres que a habitam. Independente da forma (animais, plantas, fungos, bactérias, algas…) de cada ser vivo ele contribui ativamente na transformação da atmosfera. O que cada um de nós produz e secreta (o que sai de nosso corpo, pelo nosso metabolismo) para o meio externo passa a compor a atmosfera, a criar o mundo. Por exemplo: o oxigênio que as plantas emanam ativamente na atmosfera por conta da transformação que executam ao sintetizar a luz solar e os nutrientes do solo (fotossíntese), é uma parte da contribuição delas para a composição da atmosfera. As plantas possibilitam uma composição atmosférica que permite a vida de inúmeros seres que necessitam de Oxigênio. Sem o Oxigênio produzido pelas plantas a Terra não deixaria de ter vida, mas certamente nem eu nem você estaríamos aqui agora. O entendimento da natureza da relação de dependência com o reino vegetal nos ajuda a entender a interdependência contida em toda a biodiversidade. Assim, a biodiversidade é a grande variedade de formas de vida que habitam o Planeta Terra e que se relacionam de forma interdependente entre si e com o ambiente que habitam. . Do ponto de vista econômico a biodiversidade produz uma grande quantidade de produtos e empregos, gerando a necessidade de preservar e conservar os recursos naturais. As indústrias de alimentos, cosméticas e farmacêuticas já se beneficiam diretamente da diversidade vegetal em biomas ricos em flora nativa. Mas nem sempre a exploração econômica é feita de forma sustentada sem ameaçar a extinção do ecossistema, o que torna algumas (muitas?) ações eticamente incorretas. Atualmente já existem iniciativas que pretendem unir o desenvolvimento econômico e a conservação e preservação de áreas naturais. É o caso do conceito de Produção de Natureza, criado pelo biólogo e conservacionista Ignácio Jiménez Pérez. O conceito vai por um caminho que “faz sentido quando as áreas naturais (de propriedade pública, privada ou comunitária), com todas suas espécies nativas e abundante vida silvestre, podem ser vistas com facilidade, atuando como espetáculos naturais que servem de base para a indústria do ecoturismo que gera nova economia restaurativa, beneficiando as comunidades locais e promovendo o apoio popular para a manutenção em longo prazo dos próprios parques e da vida silvestre”1. . Itapoá possui atualmente somente três áreas de conservação e preservação de sua biodiversidade: o Parque Natural Municipal Carijós de domínio público e gerido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente; e as Reservas Particulares do Patrimônio Natural: Fazenda Palmital e Piet Van Der Art, que formam o complexo Reserva Volta Velha, de domínio privado

Para saber mais:

JIMÉNEZ PÉREZ, Ignácio. Produção de Natureza:parques, rewild e desenvolvimento local. Curitiba:SPVS, 2019. http://www.spvs.org.br/negocios/producao-de-natureza/

COCCIA, Emanuele. A vida das plantas: uma metafísica da mistura. Documenta, 2019.

VERNADSKY, Vladimir. Biosfera. Dantes, 2019.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook - Grey Circle
  • https://www.youtube.com/channel/UCCe
  • Instagram - Grey Circle